---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?


Campanha de vacinação contra o sarampo, mobiliza profissionais da saúde no dia “D” em Piratuba

Publicado em 21/10/2019 às 09:54 - Atualizado em 21/10/2019 às 09:54

CAMPANHA DE VACINAÇÃO CONTRA O SARAMPO, MOBILIZA PROFISSIONAIS DA SAÚDE NO DIA “D” EM PIRATUBA

Ação que aconteceu no fim de semana, atendeu diversas crianças, levadas pelos pais à Unidade Básica de Saúde para receberem a vacina.

Por: Ernoy Mattiello – Ascom & Marketing

O sábado (19), foi dedicado à vacinação em Piratuba, com atendimento especial para as crianças. A data integra uma mobilização, criada para estimular as famílias a imunizarem os filhos contra o vírus do sarampo, cujos casos vêm crescendo no país nos últimos meses.

O “Dia D” faz parte da Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo, lançada em 7 de outubro pelo Ministério da Saúde, em parceria com secretarias estaduais e municipais voltadas à área.

A mobilização faz parte da primeira fase da Campanha, que vai até 25 de outubro e é voltada a crianças com idades entre seis meses e 4 anos, 11 meses e 29 dias. Os bebês de até 1 ano apresentam coeficiente de incidência da doença de 92,3 a cada 100 mil habitantes, 12 vezes maior do que as demais faixas.

O pequeno Davi Gonçalves Azevedo, de 03 anos, foi trazido à unidade pela mãe, mas depois de ter a carteirinha de vacinação verificada, constatou-se que ele não precisava passar pela agulhinha. Por protegido, ainda ganhou um balão colorido das da equipe de vacinação.

Em Piratuba, segundo projeção da enfermeira Andressa Heckler Bortolini, responsável pela campanha, cerca de 170 crianças integram a faixa etária de atendimento pela vacinação. Mesmo não havendo uma meta de imunização, a movimentação do setor, foi grande no “Dia D”, em que diversas famílias procuraram atendimento.

A expectativa agora é pela campanha que deve atender as pessoas adultas. A nova etapa está programada para 18 a 30 de novembro, com atendimento a pessoas de 20 a 29 anos. Segundo o Ministério da Saúde, essa faixa abarca a maioria do número de casos confirmados da doença no país, com 1.694, embora com incidência menor (13,2 casos a cada 100 mil habitantes), por causa da quantidade de brasileiros com essas idades.

 

O intuito é vacinar 39 milhões de pessoas ao longo da campanha nacional, cerca de 20% dos brasileiros.