---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?


Piratuba deflagra Campanha Nacional de Vacinação contra a gripe e orienta pacientes à evitarem aglomerações

Publicado em 23/03/2020 às 16:30 - Atualizado em 23/03/2020 às 17:19

PIRATUBA DEFLAGRA CAMPANHA NACIONAL DE VACINAÇÃO CONTRA A GRIPE E ORIENTA PACIENTES À EVITAREM AGLOMERAÇÕES

 

Ação que inicia nesta semana na Unidade Básica de Saúde de Piratuba, mantém medidas restritivas que garantem segurança de grupos preferenciais, garantem gestores da Saúde.  

 

Por: Ernoy Mattiello – Ascom & Marketing

 

A Secretaria de Saúde de Piratuba, iniciou nesta segunda-feira (23), a Campanha Nacional de Vacinação Contra a Gripe de 2020. Para atender aos idosos do município, que tiveram a ordem de atendimento priorizada, por pertencerem à grupos de risco diante da Pandemia do Coronavírus, o setor adotou protocolos restritivos do período de quarentena, montando tendas externas.

 

O uso de máscaras e aventais, além de luvas que evitam o contato direto com o paciente, também integram o conjunto de práticas adotados para a imunização do influenza (H1n1), e proteção dos pacientes diante do cenário pandêmico.

 

A informação é do secretário de Saúde, Vanderlei Weber, a campanha, que tem como dia D, o dia 09 de maio, é contra as gripes comuns e não imuniza as pessoas do coronavírus. “A vacina é trivalente e as pessoas que chegam para vacinar, são recebidas na parte externa e os profissionais orientam a entrada individual do paciente na unidade. Em nossa unidade o aparato de segurança, inclusive para a vacina é o mais eficiente e recomendado”, afirma o gestor.

 

Outra iniciativa inovadora para a campanha, envolve as Agentes Comunitárias de Saúde – (ACS), que criaram grupos que usam o aplicativo do WhatsApp, para informar as pessoas em cada área de atendimento, sobre a vacinação, além de repassar informações sobre as estratégias locais de enfrentamento da Pandemia do Coronavírus.  

 

A etapa seguinte da campanha terá início no dia 16 de abril com objetivo de vacinar doentes crônicos, professores (rede pública e privada) e profissionais das forças de segurança e salvamento. A última fase, que começa no dia 9 de maio, priorizará crianças de 6 meses a menores de 6 anos, pessoas com 55 a 59 anos, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), pessoas com deficiência, povos indígenas, funcionários do sistema prisional, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas e população privada de liberdade.

 

A Secretaria de Saúde de Piratuba também mantém uma linha telefônica, que é para as pessoas tirarem dúvidas sobre o Coronavírus.  Em casos de suspeita da doença, a orientação é para que o paciente entre em contato pelo fone (49) 3553 02 12.