---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?


Etapa final de pavimentação rural que liga Piratuba ao estado gaúcho, começa a receber cobertura asfáltica

Publicado em 27/07/2020 às 11:05 - Atualizado em 27/07/2020 às 11:06

ETAPA FINAL DE PAVIMENTAÇÃO RURAL QUE LIGA PIRATUBA AO ESTADO GAÚCHO, COMEÇA A RECEBER COBERTURA ASFÁLTICA

 

Trecho que se localiza entre o acesso à comunidade de Lageado Mariano e o Trevo do Pinheiro, em Arroio Bonito, foi percorrido por chefe do Poder Executivo em visitação às obras.

 

Por: Ernoy Mattiello – Ascom & Marketing

 

O barulho dos motores somado ao transito de caminhões e maquinário pesado pela região anunciam a chegada da pavimentação asfáltica ao último trecho deste primeiro lote licitado para as obras de revitalização asfáltica do interior de Piratuba. Conhecida como ligação entre a Capital Turística e a cidade de Maximiliano de Almeida, via Barragem da Usina Hidrelétrica Machadinho, a rodovia municipal, já é realidade em seu trecho principal.

As obras de lançamento de camada asfáltica, iniciadas na semana que passou, foram visitadas pelo prefeito Olmir Paulinho Bejnamini (Bile). Acompanhado do secretário de Cidade, Joelson Medeiros, que é engenheiro civil, e do secretário de Obras e Infraestrutura Rural, Jaison Martinazzo, Bile percorreu o trecho de cerca de trecho de cerca de 3,2 quilômetros, e conversou com as equipes de operários.

 

Segundo Bile, o trecho de cerca de 10 quilômetros, que integra a primeira licitação, foi considerado pela equipe técnica, como prioritário para o processo de recuperação: “ Vimemos no fim de semana a passagem do Dia do Colono e Motorista, que são duas importantes classes que geram o desenvolvimento em nossa sociedade. E a melhor homenagem que podemos fazer é garantir a revitalização desta importante rodovia, que contempla a comunidade local e fortalece o fluxo turístico do município”, afirmou Bile.

 

Segundo a Secretaria de Administração e Finanças, para recuperar o segmento, que representa metade do traçado original, serão investidos mais de R$ 6 milhões. Os recursos têm origem em uma operação de crédito com a Caixa Econômica Federal, feita em junho deste ano, por meio de Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento, o Finisa.

 

A expectativa agora é o início de uma nova etapa, licitada recentemente, que deve ligar a região da comunidade de Linha São Paulo, ligando a região da comunidade ao acesso à Usina Hidrelétrica Machadinho.